12902
page-template-default,page,page-id-12902,strata-core-1.1,strata-theme-ver-3.3,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,wpb-js-composer js-comp-ver-6.4.1,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-12344,elementor-page elementor-page-12902

Linguagens em Projetos Integradores

Linguagens em Projetos Integradores

Casa de Letras PNLD 2021
Casa de Letras PNLD

Título: Linguagens em Projetos Integradores

Autores:

Alecsandro Diniz Garcia: Graduado em Letras: Habilitação em Inglês e Português pela PUC-SP (2012), especialista em Educação Socioemocional e Educador.


Alexandra Bujokas de Siqueira: Graduada em jornalismo pela Unesp (1991-1994), possui mestrado (1195-1998) e doutorado (2001-2005) pela mesma universidade.
Atualmente, é professora da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.


Alexandre Barbosa Pereira: Professor Adjunto do Departamento de Ciências Sociais da Unifesp, Campus Guarulhos. Graduado em Ciências Sociais pela USP. Mestre (2005) e Doutor (2010) em Antropologia Social pela USP.


Camila Farias Pena Pereira: Graduada em Engenharia de computação pelo IME (2009) e título de Master of Arts em Learning, Design and Tecnology pela Stanford University.


Laura Leis Vilela Baggio: Graduada em Letras: Habilitação em Língua Inglesa pela PUC-SP (2012). Co-fundadora da Versar Educação e Coordenadora de projetos educacionais pela FranklinCovey. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Socioemocional.


Código para a escolha: 0119P21505

 

Sobre a obra:
Nossos projetos representam um material inédito, que chega fisicamente às mãos de professores e alunos com o propósito de inovar processos de ensino e aprendizagem. Por que inovações são necessárias? Como levar a BNCC para a sala de aula de modo articulado com as novas práticas pedagógicas? Essas questões norteiam a fundamentação desta obra.
O trabalho com as linguagens precisa apresentar os jovens ao mundo, problematizando as rápidas transformações decorrentes do avanço tecnológico, preparando-os para se inserir no mundo profissional e da cidadania, assim como para o entendimento das práticas contemporâneas de linguagem, expressas pelas tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC), que atuam diretamente no mundo produtivo, no armazenamento de dados e na organização do cotidiano. É fundamental, nesse sentido, que os jovens não assimilem passivamente as novidades tecnológicas e as informações por meio delas difundidas, mas atuem como protagonistas; não sejam somente receptores, consumidores ou índices de audiência, e sim agentes, intérpretes, produtores e criadores de maneira posicionada.

Conheça o livro completo.

Conheça os videostutoriais que acompanham a obra.